Descida do Mondego
Actividade de Natureza

Descida do Mondego

A descida do rio Mondego é uma das actividades de natureza mais estimulantes que se podem encontrar em Portugal. É uma aventura única, em toda a segurança, para aventureiros dos 3 aos 93 anos!

  • Tranquilamente e em boa companhia aproveite esta aventura acompanhado pelos monitores da Caminhos d´Água.
  • A descida do Mondego em kayak é uma excelente forma de juntar os colaboradores num ambiente mais descontraído e informal, seja na vertente “Incentivos” ou na óptica “Team Building”.
  • Para escolas e outras instituições, para reservas em dias úteis, temos preços especiais. Contacte-nos!

A nossa oferta

Rota das Praias

Rota das Praias

Penacova (Ronqueira)
Casal da Misarela (Praia Fluvial)
14 km

A rota mais solicitada.
Adequada a todos os participantes, dado que a corrente libertada pelas barragens torna este trajecto acessível a todos, independentemente da sua forma física.

Duração:
2h30 a 3h.
Encontro:
às 9h45 na N110, junto à placa de Casal da Misarela, em frente à ponte pedonal.

Ver ponto de encontro

Chegada:
às 14h30.

Rota da Torre

Rota da Torre

Penacova (Ronqueira)
Coimbra (Parque Verde)
24 km

A rota para os desportistas.
Além de se deixar de fazer sentir a influência da corrente ao entrar na albufeira do Açude-Ponte em Coimbra, normalmente a nortada faz das suas e “empurra” os kayaks para trás. Por esse motivo esta rota é aconselhada apenas a pessoas com boa preparação física e grupos sem crianças.

Duração:
4 a 6h.
Encontro:
às 9h30 Parque Verde do Mondego (margem esquerda), junto ao pavilhão da AAC – Remo.

Ver ponto de encontro

Chegada:
às 17h/18h.

Rota dos Sentidos (Noturna)

Rota dos Sentidos (Noturna)

Penacova (Ramalhal)
Casal da Misarela (Praia Fluvial)
12 km

A rota nocturna.
Acessível a todos os participantes, leva à descoberta do rio Mondego com outros sentidos – os sons, os cheiros e a fantasmagoria da noite criam uma atmosfera muito especial! Aconselhamos o uso de um corta-vento ou, preferencialmente, de um fato térmico (pode ser alugado à Caminhos d’Água).

Duração:
2h a 2h30.
Encontro:
às 20h30 na N110, junto à placa de Casal da Misarela, mesmo em frente à ponte pedonal.

Ver ponto de encontro

Chegada:
às 24h.

Corporate

A descida do Mondego em kayak é uma excelente forma de juntar os colaboradores num ambiente mais descontraído e informal, seja na vertente “Incentivos” ou na óptica “Team Building”


Aventura

Divertimento do ínicio ao fim

Perguntas frequentes

FAQ

  • Os vossos kayaks são sit-on-top?

    Todos os nossos kayaks são da Rotomod, que criou o conceito dos kayaks sit-on-top. Assim, os nossos clientes vão sentados em cima do kayak e não dentro. Isto representa um factor de segurança acrescido: o seu kayak nunca vai encher de água, tornando perigoso um dia que se pretende de prazer. Além disso estes kayaks são mais estáveis do que a maioria dos kayaks de outras marcas utilizados em descidas de rio.
    Dispomos de encostos e bidões estanques para todos os kayaks. Os coletes excedem a norma europeia no que respeita à sua flutuabilidade e são ajustáveis. Temos ainda coletes próprios para crianças até 30kg.

  • Os vossos monitores acompanham toda a descida?

    Connosco nunca está sozinho: os nossos monitores acompanham-no na descida, zelando para que tudo corra bem. Estão também em permanente contacto via rádio com a viatura de apoio em terra para qualquer eventualidade, dado que em muitos locais do rio não há rede de telemóvel.
    Trabalhamos com um rácio mínimo de 1 monitor por 10 kayaks de 2 lugares. Este número é reforçado quando as condições do rio são mais exigentes ou quando temos grupos com muitas crianças.

  • Se formos um grupo de 20 pessoas temos um monitor só para o nosso grupo?

    Sim, têm. Eventualmente a viatura de apoio em terra poderá ter de dar apoio a mais de um grupo.

  • Têm onde possamos deixar as nossas mochilas durante a descida?

    Temos viaturas de apoio em terra que acompanham a descida na estrada N110. É nessas viaturas que os vossos pertences podem ir, nomeadamente aparelhos electrónicos: chaves do carro, telemóveis, etc. Estes bens não devem ser transportados nos bidões estanques, basta um bidão mal fechado para estragar um dia de diversão…

  • A Rota da Torre é assim tão dura?

    Se estiver vento contra, que é o habitual no verão, sim! Normalmente os homens fazem sem grande dificuldade, mas não esqueçamos que as senhoras e as crianças têm genericamente menos capacidade física. Mais vale uma descida com vontade de repetir (Rota das Praias) do que um sacrifício a nunca mais fazer (Rota da Torre)…